sexta-feira, 2 de dezembro de 2011

Confissão


Vou me arrastando
Serpenteando por entre as veredas
Minha vida é um confessório
Estou me abrindo completamente.

Cada um de vocês são meus analistas
Meus psicólogos
Ou os meus psiquiatras
Meu divã é este blog.

Não sei se agrado a todos
Nem tenho tamanha pretensão
Apenas escrevo que me dá na teia
O que me parece lógico.

Tem dias que fico pensando!
O que estou fazendo aqui neste espaço
Cibernético?
Neste mundo elétrico e virtual.

Meu COR@ÇÂO se espalha
Minhas ideias se mutiplicam
E chego onde nunca poderia está
Dentro da sua cabeça.

Autor; Gilberto Fernandes Teixeira.

Um comentário:

  1. Nunca me ocorrera a ideia de um divã, mas talvez esteja certo...

    Bom fim de semana

    ResponderExcluir