segunda-feira, 3 de setembro de 2012

Criado-mudo


Ele mediu milimetricamente as palavras
Comprou um criado-mudo
Abriu uma das gavetas
Trancou a porta por dentro
Jogou a chave fora.

E foi dormir com o silêncio...

Autor: Gilberto Fernandes Teixeira

Nenhum comentário:

Postar um comentário