sexta-feira, 29 de março de 2013

O decreto.


Fica decretado “feriado sentimental” aos domingos
 Para quem amou de coração a semana inteira.
 
Autor: Gilberto Fernandes Teixeira

quarta-feira, 27 de março de 2013

Sofrer por amor.


Todo coração deve sofrer de um bem incurável
“Sofrer por amor!”
 
Autor: Gilberto Fernandes Teixeira

segunda-feira, 25 de março de 2013

Seta sem direção.


Eu rodo em ciclos
Permutando corações
Eu giro feito hélice
Misturando ilusões.
 
Eu sou onda sem praia
Sou ilha sem mar
Eu sou incógnita sem pergunta
Sou frase sem sujeito.
 
Eu sou carta fora do baralho
Sou uma seta sem direção
Eu vou e eu volto
Eu subo e eu desço.
 
Eu sou raio sem roda
Passáro sem rota
Quadro sem pintor
Anônimo sem mato.
 
 Autor: Gilberto Fernandes Teixeira

sexta-feira, 22 de março de 2013

30.000 acessos!

 
O blog Cor@ção de Minas
Se sente honrado com os amigos (as)
Que conquistou ao longo destes dois anos.
Muito obrigado de Cor@ção.
 

terça-feira, 19 de março de 2013

Vôo de coração.

Se seu coração quiser voar
o liberte .
Se seu coração quer sumir
Deixe o ir.
 
Se seu coração quiser planar
Escolha as térmicas.
Mas seu coração for embora
Vá com ele!
 
Autor: Gilberto Fernandes Teixeira
 

sexta-feira, 15 de março de 2013

Sementes

 
Eu lancei suas sementes  no ar
E agora estou colhendo flores amarelas.
 
Autor: Gilberto Fernandes Teixeira

quinta-feira, 14 de março de 2013

Ser poeta.

 
Ser poeta
É ser sonhador
É ser adulto com alma de criança
É sempre ter esperanças
É andar de bicicleta possuindo uma ferrari.
 
Ser poeta
É viver e saber deixar os outros viverem
É colocar-se no lugar do próximo
É fingir e ao mesmo tempo sentir a dor
É ser mais do que um simples fingidor.
 
Ser poeta
 É ser livre
É tentar  respirar a felicidade
É viver nas asas da liberdade
É redescobrir e colorir o mundo
É ser raso e ser profundo.
 
Ser poeta
Não tem uma explicação lógica
Por que existem o  amor e a lágrima
Que podem sair de qualquer pessoa
Mas uma verdadeira poesia
 emerge dos corações apaixonados.
 
Autor: Gilberto Fernandes Teixeira

quarta-feira, 13 de março de 2013

Coração fragmentado.


Estou procurando uma fórmula
para desfragmentar meu coração...
 
Autor: Gilberto Fernandes Teixeira

domingo, 10 de março de 2013

Seda.


Um dia ela se vestiu com um vestido de seda
onde batiam vários corações contra o vento... 

Autor: Gilberto Fernandes Teixeira

domingo, 3 de março de 2013

Horas insanas

 
 

Quando o ponteiro cai,
o pêndulo voa
e o sinos que não dobram.
As horas ficam insanas.
O relógio desiste,
os passos não passam.
As sombras escurecem
e a noite torna-se eterna.

Autor: Gilberto Fernandes Teixeira