terça-feira, 31 de janeiro de 2012

Pequena ilha



Meu coração é uma pequena ilha
Perdida no meio do mar
Nada em mim é gigante
A não ser a vontade de amar.

Às vezes sou apenas uma miragem
Com minha pequena praia
Com minha pequena paisagem
Meu horizonte é azul e branco.

Quisera Deus, porém
Que eu fosse assim
Nesta vastidão sem fim
Que eu diminua e ele cresça em mim.

Autor: Gilberto Fernandes Teixeira

Um comentário:

  1. Você vê tudo com a sensibilidade do poeta.
    Amei! Parabéns!

    ResponderExcluir