quarta-feira, 22 de agosto de 2012

Melancolia



Empreste-me seus ombros
Empreste-me seu lenço
Que quero chorar em seus braços
Aquece meu coração.

Hoje o meu dia foi melancólico
Eu tinha que culpar alguém
Eu precisava chorar também
Pois estava com raiva de tudo.

Empreste-me seus ombros
Aperte-me em seu peito
Coloque nossa musica na vitrola
Por favor! Dance comigo.

Autor: Gilberto Fernandes Teixeira

3 comentários:

  1. Quanta tristeza nestes lindos versos meu amigo. Podes contar sempre comigo se e quando precisar. Beijinhos

    ResponderExcluir
  2. É verdadae amiga... Anso meio capenga por cá...

    ResponderExcluir